Aqui publicarei fotos dos meus 7 gatos e notícias (somente coisas boas) relacionadas ao mundo dos gatos, esses amados felinos encantadores de gente, como eu e você que adora e acha tudo o que eles fazem uma gracinha. Se alguém souber a autoria desta imagem que ilustra o blog, por favor me avise.


"Eu amo meus gatos porque amo a minha casa e pouco a pouco eles se tornam a alma dela". - Jean Cocteau

sábado, 20 de fevereiro de 2016

OS SEGREDOS DA CATNIP



O que é, afinal, essa plantinha que deixa os gatos fascinados?

Bom, ela é mesmo só uma plantinha, uma erva da família da hortelã, chamada Nepeta cataria, ou catnip, ou erva-dos-gatos. Ela não é viciante, não faz mal nem para gatos nem pessoas e não é “maconha de gato”. Ela só tem um cheiro que os gatos simplesmente adoram.

A reação dos gatos

Cerca de 75% dos gatos reagem à catnip, os outros são imunes – e isso é hereditário. As reações mais comuns são rolar, arranhar, morder, miar, babar e lamber a planta, tudo para tentar tirar mais cheiro ainda. Alguns peludos mais empolgados podem até comer a erva ou sair correndo e pulando pela casa, mas, acredite, é tudo alegria. É como se você tivesse ganhando um perfume realmente maravilhoso e entrasse em um estado de êxtase.

A química da coisa

Simplificando, a catnip é como se fosse um ferôrmonio que deixa os gatos muito alegres. Complicando com um pouco de ciência, a erva tem um composto chamado nepetalactona que entra pelo nariz dos peludos, ativa o bulbo olfatório e manda sinais para várias outras partes do cérebro, incluindo a amígdala e o hipotálamo, responsáveis pelas emoções e nossas reações a elas. É basicamente isso aqui:



Os benefícios

A catnip deixa os gatos alegres, ajuda-os a liberar a tensão, relaxar e se sentir bem. Além disso, pode ser usada para atrair o gato para os brinquedos e arranhadores dele em vez do seu sofá, para turbinar aquele ratinho de feltro que já perdeu a graça ou como complemento de quebra-cabeças.

Como dar para seu miau

O jeito mais fácil é comprar saquinhos de catnip desidratada na pet shop e espalhar no chão, num tapete, numa caixa de papelão, etc. O ideal é fazer isso uma vez por semana, já que os gatos podem se acostumar e se tornar imunes ao cheiro se forem expostos demais, crie um “Dia do Catnip” e veja o gato fazer a festa. Você também pode cultivar catnip num vaso pesado que o gato não derrube, mas tem de deixá-lo numa área fora do caminho do peludo ou ele vai se acostumar do mesmo jeito.

Curiosidades

Nossos gatinhos não são os únicos pirados por catnip, os tigres, leopardos e linces têm a mesma reação, mas os leões reagem com menor frequência.

As borboletas também reagem a catnip, mas a erva serve como repelente para mosquitos e moscas.

A catnip é usada pelos humanos para fazer chá, fumar ou temperar alimentos. Ela funciona como um calmante e acredita-se que ela tenha efeito de cura.

A Valeriana também causa “efeito catnip” nos gatos e é calmante para os humanos, ela pode inclusive ser encontrada em farmácias tradicionais (comprimidos) e farmácias naturais (erva).

Gatos que não reagem à catnip podem reagir de maneira semelhante à madeira de uma planta chamada madressilva-tartárica, ou Lonicera tatarica. Ela é vendida no Brasil como planta ornamental por causa de suas flores rosadas e em alguns lugares do mundo já existe um mercado de madeira de Lonicera tatarica para gatos.


Fonte 1: Gatinho Branco

Fonte 2 AQUI


segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Assistir a vídeos de gatos controla a ansiedade e traz pensamentos positivos



Zammis


Estudo afirma que a prática pode inclusive ajudar na realização de tarefas difíceis

Para se sentir mais positivo e com mais energia veja esse vídeo do Zammis e os irmãos quando eram pequeninhos.



Os vídeos de gatinhos são um fenômeno na internet - e eles fazem mais do que simplesmente entreter. Uma pesquisa da Universidade de Indiana comprovou que assistir vídeos com os felinos pode aumentar a energia dos espectadores, despertar emoções positivas e diminuir os sentimentos negativos. Os resultados foram publicados na última edição do jornal Computers in Human Behavior.

A equipe responsável entrevistou quase 7 mil pessoas sobre vídeos de gato e como eles afetavam seu humor. Cerca de 36% dos participantes afirmou gostar mais de gatos que de cães, enquanto 60% disse gostar tanto de gatos quanto de cães. Além disso, a amostragem relatou se sentir mais positiva e com mais energia após os vídeos do que antes. Apresentaram também uma redução das emoções negativas, como ansiedade, irritação e tristeza.

Além disso, os estudiosos descobriram que os participantes não se sentem mal em procrastinar tarefas se for para assistir vídeos de gatos. Inclusive a prática os deixava mais relaxados e dispostos a assumir tarefas difíceis no trabalho.

Os resultados sugerem que os vídeos de gato podem ser usados como uma forma de terapia com baixo custo, afirmam os autores. Eles completam dizendo que os vídeos de gatinhos são os mais populares da internet hoje, e analisar esses fatos são importantes para entender o comportamento da sociedade online. 

Fonte AQUI


quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Feliz Ano Novo



Proteção animal é uma luta sem fim, mas ver que não estamos sozinhos nesta luta, que outras pessoas se importam e ajudam, nos dá garra e motivação para continuar... Muito obrigada!!!

Fonte: AQUI


quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Menina autista faz terapia com ajuda de seu gato de estimação

Gente, olha que coisa mais linda esta matéria, clique AQUI e veja na íntegra. Tem muitas fotos das duas, da menina e da gata. É um afago na alma.


Menina Iris e sua gatinha Thula
fotos © Iris Grace Halmshaw


“Em todas as atividades que nós fazemos, Thula está lá e quer ajudar e estar envolvida. (…) Ela oferece companhia, amizade e me ajuda a incentivar Iris a interagir”, afirmou a mãe.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...